Saturday, May 12, 2007

A Tela, invenção renascentista

.
. Bellini. The Miracle of the True Cross near the San Lorenzo, 1500
.
Giorgione. Concerto Campestre, 1510
.
Ticiano. Dioniso e Ariadne
.
Os pintores venezianos gostavam de pintar a cor e luz que reflectia a água à volta da cidade, mas a humidade resultante desse envolvimento natural não permitia a pintura de frescos, técnica usada por outros pintores em outros lugares, tais que os florentinos.
Como as florestas eram raras na região, o recurso a tábuas de madeira era também pouco exequível.
Foi assim que os pintores venezianos renascentistas inventaram a tela esticada sobre enquadramento de madeira, tornando-se o suporte tradicional preferido a partir de então, porque a sua plástica cede ligeiramente à pressão da pincelada, pela capacidade de esticamento e pela sua durabilidade.
As melhores telas são as de tecido de linho, seja estopa ou linho artesanal. Pela humidade envolvente, o que interfere na dilatação, este é preferido ao algodão, mas há-as, ainda, em pano cru (tecido de mistura, linho+algodão), serapilheira ou cânhamo.
Giovanni Bellini (c1429-1507), Giorgione (1475-1510) e Ticiano (1490-1567), imagens acima, são os maiores pintores venezianos da Renascença.
.
.

4 comments:

Anonymous said...

Bravo!
Aplausos de pé!
Obrigada por me proporcionar essas belezas!

Elisabete Cunha

Anonymous said...

Teresa
Não sei se já é mamãe,mas dedico esse texto a vc!
Mãe, tu és...

Mãe, tu és a mais esplendorosa das mulheres,
Teu colo é o mais acolhedor dos colos,
Teu beijo é o mais doce dos beijos,
Teu carinho é o mais confortante dos carinhos,
Teu sorriso é o mais singelo dos sorrisos,
Teu abraço é o mais energizante dos abraços,
Teu olhar é o mais puro dos olhares,
Tua pele é a mais macia das peles
E seu amor é o mais verdadeiro de todos os amores.
Por essa razão, tenho orgulho de dizer:
Eu te amo,
Sempre vou te amar,
Aconteça o que acontecer,
Nunca ninguém conseguirá nos separar.


de Nathasha Chrysthie Martins da Silva
Rio de Janeiro - RJ - por correio eletrônico

um beijo
Domingo aqui no Brasil é o dia das Mães!

elisabete cunha

rigoletto said...

Não fazia ideia da existência de telas de sarapilheira.

Sempre a aprender...com quem sabe.

Anonymous said...

Saudade!
:)

elisabete cunha